A CASA

“Fauno e Ninfa” (Estudo) por Pál Szinyei Merse (1845-1920)

A Casa do Fauno situa-se no coração da Serra de Sintra, por entre carvalhos, azevinhos e outro arvoredo, dentro da Quinta dos Lobos, num terreno nemoroso que em tempos fez parte da floresta de Almosquer, doada por D. Afonso Henriques aos Cavaleiros Templários, no séc. XII.

Os jardins frondosos que animam este espaço idílico coroam-no como um lugar-santuário de Harmonia, de Reencontro com a Natureza Primeva.

Conhecida na antiguidade como Monte da Lua, Serra Solércia ou Monte Sagrado, a Serra de Sintra sempre foi considerada como sagrada desde tempos imemoriais.

Integrando-se no espírito do lugar, a Casa do Fauno procura ser um lugar de encontro: de pessoas, de tradições e de saberes.

HORÁRIO 
Segunda-feira a Quinta-feira: 19h-1h
Sexta-feira: 19h-2h | Sábado: 14h-2h | Domingo: 14h-00h

EVENTOS RECENTES | MAIS ANTIGOS

«…o líder na floresta de pinheiros era Phaunos (Fauno), que era hábil nos segredos dos matagais isolados que tão bem conhecia, pois tinha-os aprendido junto dos covis das terras altas da sua mãe Kirke.»

Nonnus, Dionisíacas (c. séc. V)

A Casa do Fauno alberga os seguintes projectos:

ISHTAR – Artes Mágicas

Situado em plena Serra de Sintra, ISHTAR – Artes Mágicas é um novo espaço que agrega várias tradições, proporcionando aos adeptos de diversas correntes mágicas umas vasta selecção de artigos únicos, bem como uma livraria especializada.

HORÁRIO 

Sexta-feira: 19h – 2h
Sábado: 14h – 2h
Domingo: 14h – 24h
(encerra de Segunda-feira a Quinta-feira)

A loja encontra-se igualmente aberta durante todas as actividades que decorrem na Casa do Fauno.

ZÉFIRO – Edições e Actividades Culturais

Zéfiro foi o nome com que os gregos baptizaram a suave brisa do Ocidente que, segundo a lenda, fecundava as férteis éguas do “Monte Santo” – referindo-se muito provavelmente à Serra de Sintra – na Lusitânia. Estas geravam cavalos muito admirados pelos Antigos. Eram tão velozes como o próprio Zéfiro e ficaram assim conhecidos como os “filhos do vento”.

A folha de carvalho – árvore sagrada para os antigos povos celtas e lusitanos – é um símbolo da sabedoria e do conhecimento, que cada livro da Zéfiro procura veicular.

O trabalho editorial da Zéfiro centra-se essencialmente na publicação de obras ligadas ao Esoterismo e à Espiritualidade, bem como à História e à Filosofia.

OBOD – Ordem dos Bardos, Ovates e Druidas

A Ordem dos Bardos, Ovates e Druidas é um grupo espiritual dedicado à prática, ao ensino e ao desenvolvimento do Druidismo enquanto espiritualidade válida e inspiradora.

A Ordem foi fundada em 1964 por Ross Nichols e um grupo de membros da Antiga Ordem Druídica (Ancient Druid Order). Antiga Ordem Druídica desenvolveu-se no início do século passado a partir do Revivalismo Druídico que nasceu há cerca de trezentos anos atrás, traçando as suas origens até 1717.

Há mais de vinte anos que a Ordem tem vindo a oferecer um curso completo de Druidismo que cobre todos os três graus de Bardo, Ovate e Druida, sendo actualmente dirigida por Philip Carr-Gomm.

«Aqui neste mesmo caminho,
Aqui mesmo ontem
O Rei Fauno saltava.
Ele cantava, despreocupadamente e em voz alta
Vociferando o seu nome;
Ele cantava,  no meio dos ramos de carvalho
Passando de rocha em rocha,
Mantendo-se protegido,
‘Aqui o Fauno é livre,
Aqui o Fauno é livre!’»

Robert Graves, Fauno

8 thoughts on “A CASA

  1. Estou ansiosa para tirar a carta de condução para poder participar nas vossas actividades, elas parecem uma verdadeira oportunidade espiritual e de conhecimanto unica! Tenho o azar de viver um pouco londe de sintra..

    • Há uma irradiação de vibrações elevadas, que e mesmo aqui do Brasil agente sente um chamado irrestível. É como disse um sábio -“lomnge é um lugar que não existe.

      Portugal – Porta – O Graal – A Tradição Primordial – os Atlantes

      Que Deus concede a graça de conhecer Sinta e seu encatados mistérios templários.

      Marcelo Braga Sobral
      Recife, PE, Brasil

  2. Quase a Minha segunda casa-irresistivelmente reconfortante, enriquecedora, mistica e onde a paz e o saber reinam…Adoro esta “Casa da Floresta!!!” e seus Maravilhosos Anfitriões!!!

  3. sou brasileiro,com raizes portuguezas.Peço ao D. todo poderozo que antes de recolher-me a manssão dos mortos conceda-me a graça,o milagre de um dia poder pisar(beijar) este sólo luzitano!!e, agora impresionado com estes relatos,poder tb. ir conhecer a manssão de FAUNO na Serra de Sintra.Vos peço,OREM por mim,pelo meu desejo.
    Paz a todos.

  4. Sem Duvida que o local, a Casa do Fauno e tudo o que ali encontramos é de uma magia envolvente! Muitos Parabéns

  5. Queria tanto visitar regularmente, mas vivo no Porto, espero que se mantenha aceso tempo suficiente para quando estiver a viver aí perto possa ir a vários eventos!
    Que esta espiritualidade e tradição não se apague ao longo do tempo.
    Saudações!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s