Palestra: O Esoterismo nos Contos de Fadas – João e o Pé de Feijão

PalestraEsoterismoContosFadas

Palestra

O ESOTERISMO
NOS CONTOS DE FADAS

João e o Pé de Feijão

com FERNANDO GLÓRIAS

24 Novembro (Domingo), 17h Entrada Livre

Sempre que ouvimos falar em Contos de Fadas, imaginamos de imediato um universo paralelo onde a magia é parte integrante do dia-a-dia, onde tarefas aparentemente impossíveis podem efectivamente ser realizadas.

Continuar a ler

Palestra: “Nascer e Morrer – Porquê e Para Quê?” com Abdul Cadre

PalestraNascerEMorrer

Palestra

NASCER E MORRER

Porquê e Para Quê?

com ABDUL CADRE

22 Dezembro (Domingo), 17h Entrada Livre

Em sentido restrito, há coisas que morrem e há coisas que não morrem; em sentido lato, tudo se transforma e a morte é o conceito redutor de todas as transformações.

No homem, há uma natureza efémera e útil e há uma natureza perene e necessária. A primeira releva do caos e do cosmos dentro dos ciclos da natureza, sendo condicionada pelo tempo e pelo espaço; a segunda não está sujeita aos ditames conformadores do tempo e do espaço, não nos pertence e é apenas o nosso dever ser.

Organização: Atrium Rosacruz de Sintra da AMORC

Palestra: A Bandeira Nacional e a República Portuguesa – História, Mito e Simbologia

PalestraBandeiraNacional

Palestra

A BANDEIRA NACIONAL
E A REPÚBLICA PORTUGUESA

História, Mito e Simbologia

com JORGE DE MATOS

30 Novembro (Sábado), 17h Entrada Livre

Profundamente eivada de ideais libertários veiculados por determinados movimentos iniciáticos – ainda que numa óptica ideológico-sublevadora – a República Portuguesa cedo se defrontou com problemas imediatos da sua representatividade imagética nacional, que procurou solucionar de forma célere e recorrendo veladamente a uma compositividade iconográfico-cromática inerente à sua respectiva simbolicidade hermética.

O objectivo desta investigação reflexiva consiste em perspectivar o debate e o confronto no âmbito temático da problemática contínua da génese e desenvolvimento dos símbolos e das cores nacionais, conjuntamente em termos heráldico-vexilológicos.

A presente investigação não pretende propriamente aqui sintetizar qualquer análise evolutiva da bandeira nacional portuguesa, ainda que apenas se restringindo à génese e desenvolvimento do presente ícone vexilológico do regime republicano português, acrescentando a actual informação disponível sobre o tema das raízes heráldico-simbólicas do pavilhão verde-rubro.

Palestra: A Espiritualidade Nativo-Americana com Woyahawoa Ematewo e Amalia Galán

native_american_indian_sixx2

Palestra

A ESPIRITUALIDADE NATIVO-AMERICANA

A Sabedoria Viva dos Índios

com WOYAHAWOA EMATEWO & JIMENEZ GALÁN

2 Fevereiro (Sábado), 19h ENTRADA LIVRE

ABERTURA

  • Espiritualidade e Consciência/Acção Social sobre a realidade indígena americana
  • Oglala; American Indian Movement

.

ESPIRITUALIDADE

  • Invocação e sintonização espiritual
  • Cerimónia de invocação aos quatro pontos cardeais
  • A Espiritualidade norte-americana
  • Testemunhos de anciãos da América do Norte

Continuar a ler

Palestra: Helena P. Blavatsky – Figura Maior e Impulsionadora do Ocultismo Contemporâneo

blava

Palestra

HELENA P. BLAVATSKY

Figura Maior e Impulsionadora do Ocultismo Contemporâneo

com MADALENA CAVALEIRO & PEDRO TAVARES D’ALMEIDA

5 Janeiro (Sábado), 15h Entrada Livre

Fundadora do movimento teosófico em 1875, procurou evidenciar – inclusive através da explicação de fenómenos paranormais para os quais o dogma religioso e a perspectiva científica tendencialmente materialista não encontravam resposta – que a Espiritualidade era algo mais vasto do que aquilo que as Religiões e a Ciência contemplavam. A sua Obra veio assim abrir um novo Entendimento originador de uma maior abertura espiritual na Actualidade.

Continuar a ler

Palestra: Geobiologia e Radiestesia

dowsera

Palestra

GEOBIOLOGIA E RADIESTESIA

As Energias da Terra

com RICHARD BENISHAI

18 Janeiro (6ªf), 20h30 Entrada Livre

O que é a Geobiologia?

“Geobiologia” é uma palavra que significa “terra” (“geo”) e “vida” (“bio”). Dedica-se, assim, ao estudo da influência da terra sobre a vida.

Desde os tempos antigos que os radiestesistas verificavam os terrenos antes de se começar a edificar uma casa. Este trabalho era feito por meio de varetas ou pêndulos. O radiestesista detectava as ondas prejudiciais que podiam afectar a saúde mas, infelizmente, esse tipo de trabalho hoje em dia é praticamente inexistente.

Continuar a ler

Palestra: Atlântida – Mito ou Realidade?

atlantis2

Palestra

ATLÂNTIDA

Mito ou Realidade?

com ABDUL CADRE

26 Maio (Domingo), 17h Entrada Livre

«Nesses tempos, o Atlântico podia ser atravessado, pois existia uma grande ilha diante duma passagem a que se chamava “Colunas de Hércules”. Tal ilha era maior do que a Europa e a Ásia reunidas. Os viajantes de então podiam passar dessa ilha para as outras, e das outras podiam alcançar todo o continente na margem oposta desse mar, que em verdade merecia o seu nome. Pois de um lado, e nesse estreito de que falamos, parece que havia um só porto, de entrada apertada, e do outro o mar verdadeiro e a terra em volta, à qual se podia chamar verdadeiramente, e no sentido exacto da palavra um continente…»

Fragmentos dos Diálogos de Platão

Continuar a ler